DCArquitetura

A DCArquitetura está preparada para desenvolver projetos de arquitetura de usos residencial, comercial, misto, serviços, hotéis e shopping-centers.

O escritório também é especializado em serviços de consultoria de legislação urbanística voltada para planos diretores, urbanização de favelas e projetos de arquitetura.

PUB-Rio – Área de Estrutura Homogênea

c
outubro 20th, 2012

Definimos primeiramente 31 áreas de compartimentação ambiental (limites físicos). Passamos para 13 áreas de estrutura econômica homogênea , considerando renda média, valor médio da terra, condições, nível de escolaridade e a compartimentação ambiental.

Fizemos a análise dos corredores de deslocamento, usamos como medida a  frequencia das linhas de ônibus, que definia o fluxo de passageiros pelos corredores de tráfego.

Analisamos dentro dessas áreas homogêneas as interrelações. Chegamos a 11 áreas homogêneas. Acabamos fazendo uma opção institucional pelo agrupamento as 11 áreas homogêneas em seis áreas de planejamento.

Procuramos as maiores semelhanças e observamos também os aspectos físicos. Por exemplo, agregamos Bangu com a área de Campo Grande, Santa Cruz, na AP5, a Barra com Jacarepagua na AP4. Fizemos cinco áreas bem caracterizadas. E tinha uma sexta área, em que nós colocamos o que ficou fora, as “ilhas”: tinha a ilha urbana, Santa Teresa, a Ilha do Governador e Paquetá. Essas APs continuam iguais até hoje, tirando a AP6 que foi incorporada ao Centro.

Analisamos as condicionantes metropolitanas, as alternativas de desenvolvimento, as hipóteses – primeiro, permanência das tendências atuais; adensamento orientado às áreas urbanas já ocupadas. Essa segunda hipótese, do Modesto, era de não expandir para lugar algum. Aumentar a densidade de regiões como Copacabana, Botafogo, Meier, Tijuca… adensar tudo que já estava ocupado, aumentando o gabarito.  A outra era um adensamento orientado, com a reformulação da estrutura das atividades em função da ocupação territorial – propor uma reformulação de crescimento para evitar um aumento de densidade exagerado.

Fizemos uma série de proposições gerais e setoriais. Em nível de orçamento e programa. Diretrizes e proposições para o desenvolvimento urbano, critérios de intervenção, preservação ambiental, preservação paisagística, remanejamento progressivo, reestruturação urbana, adensamento puntiforme, remanejamento imediato e ocupação progressiva. De uma certa maneira, houve uma alteração deses termos mas a ideia estão até hoje no Plano Diretor. Quando você vai conter o crescimento de uma área, quando promover o desenvolvimento de outra…

Em cada área dessa, fizemos proposições para cada área de planejamento e recomendações – a outros níveis de governo (estado e governo federal).

Seja o primeiro a comentar este texto.